terça-feira, 30 de outubro de 2012

Sinta-se bela

Todos nós temos nossos pontos fortes e fracos, temos o que ressaltar e o que disfarçar e a maquiagem acaba sendo uma maneira de realçar o nosso cartão de visitas para o mundo, o nosso rosto!

Uma pele bem cuidada e uma maquiagem adequada ao seu tipo de rosto e um cabelo sedoso, já favorecem a sua apresentação pessoal, mas como se maquiar adequadamente? abaixo, algumas sugestões que me ajudaram e podem ajudar a você também.

Primeiro é bom saber que maquiagem tem validade, por isso, compre somente o que você precisa para não jogar dinheiro fora, ou cair na tentação de usar um produto vencido só porque você gosta da cor ou do efeito que você consegue usando-a.




Agora no vídeo abaixo, um passo a passo de uma preparação de pele para a sua maquiagem feita pela maquiadora Vanessa Rozan. Excelente! 
*Não esqueça de antes, lavar o rosto com um sabonete de glicerina para deixar a pele limpa e pronta.



Agora se você quiser incrementar a sua maquiagem, que tal usar um delineador? No passo a passo abaixo, tem uma forma divertida de delinear os olhos com a aplicação de sombras coloridas + delineador, mas se você quer usar o tradicional preto, é só substituir as cores pelo preto do seu delineador, ou sombra, ou lápis preferido e o efeito fica ótimo, experimente.



Destaque da vez: a boca! 



Ou simplsmente assim...




Agora duas sugestões de maquiagem básica para a noite e para o dia, bem fáceis de fazer e usando o básico da maquiagem, sem desperdícios e exageros.

 


*Por favor, se você é o dono de alguma imagem, me envie seus créditos para que eu possa acrescentar na publicação. Obrigada.



segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Primeiros passos no crochê

 
Com crochê, dá para fazer quase tudo, de bijuterias a peças para decoração de casa, pode virar um negócio rentável ou o seu melhor passatempo, mas para isso, o estudo e o treino dos pontos, são essenciais para a confecção de peças bem-produzidas.
O crochê é realizado com linha própria (diversas marcas), mas também pode ser desenvolvido em barbante e até fita, experimente.
Fonte:  portaldeartesanato.com.br
Correntinha
 1. Com a agulha, enrole a linha e dê uma volta contornando-a para o lado direito.
2. Dê uma lacada na agulha.
3. Puxe a agulha passando direto pelo ponto.
4. Repita o mesmo procedimento, formando as correntinhas, sempre laçando a linha na agulha e puxando-a direto pelo ponto. Lembre-se de que a correntinha é a base de qualquer trabalho de crochê para depois desenvolver outros pontos.

Básicos e fundamentais  




 Ponto baixíssimo
 1. Introduza a agulha no ponto de base e lace a agulha.*Ponto de base é igual ao ponto da carreira anterior.
2. Puxe a agulha, passando-a direto pelos 2 pontos.
3. Continue repetindo os movimentos anteriores, introduzindo a agulha nos próximos pontos de base.


















 






Ponto baixo
1. Introduza a agulha no segundo ponto de base, lace a agulha e puxe-a passando por 1 ponto.
2. Lace a agulha novamente e puxe-a passando pelos 2 pontos.
3. Repita o mesmo procedimento para formar cada ponto executado.





























Meio ponto alto
1. Lace a agulha.
2. Indroduza-a no segundo ponto de base e lace-a novamente.
3. Puxe-a passando por 1 ponto.
4. Lace e puxe a agulha pelos 3 pontos de uma só vez.  *O resultado desse ponto é muito parecido com o ponto baixo, mas fica mais encorpado e um pouquinho mais alto.
5. Repita o mesmo procedimento para formar cada ponto.






















 






Ponto alto
1. Lace a agulha e introduza-a na quinta correntinha a contar da agulha. Lace a agulha novamente.
2. Puxe a agulha passando direito por 1 ponto.
3. Lace novamente a agulha e puxe-a passando direto por 2 pontos.
4. Lace a agulha mais uma vez e puxe-a passando pelos 2 pontos restantes.
5. Repita o mesmo procedimento para formar cada ponto.



 













 















Ponto alto duplo 
1. Lace a agulha 2 vezes e introduza-a na sexta correntinha a contar da agulha. Lace novamente e puxe-a passando por 1 ponto.
2. Lace novamente passando por 2 pontos e repita esse procedimento por mais 2 vezes.
3. Repita o mesmo procedimento para formar cada ponto.









 













 Ponto alto triplo
1. Lace a agulha 3 vezes e introduza-a na sétima correntinha a contar da agulha. Lace novamente.
2. Puxe-a passando por 1 ponto. Lace novamente passando por 2 pontos e repita esse procedimento por mais 3 vezes.
3. Repita o mesmo procedimento para formar cada ponto.
*Para os pontos altos quádruplo e quíntuplo, aumente uma laçada na agulha antes de introduzí-la no ponto de base. No final, aumente o número de laçadas. 












 











Ponto alto em Y
1. Faça 3 correntinhas. Lace a agulha 3 vezes e introduza-a na sétima correntinha a contar da agulha. Lace-a novamente e faça um ponto alto triplo.
2. Faca 1 correntinha. Lace a agulha 1 vez e introduza-a no meio do ponto formado e lace-a novamente.
3. Para finalizar, faça um ponto alto, formando um Y.
DICA
Para iniciar a carreira abaixo, segue uma tabela de equivalência.
* 1 ponto baixo = 1 correntinha - isto quer dizer que para fazer um ponto baixo, precisa-se de 1 correntinha. / meio ponto alto = 2 correntinhas. / ponto alto = 3 correntinhas / ponto alto duplo = 4 correntinhas / ponto alto triplo = 5 correntinhas / ponto alto quádrupo = 6 correntinhas e assim por diante.   
 







 














Picô 
1. Faça 3 correntinhas.
2. Introduza a agulha na primeira correntinha, lace e faça um ponto baixíssimo.
3. Repita o mesmo procedimento para formar outro ponto.






















Ponto caranguejo 
1. É o ponto baixo trabalhado da esquer-da para a direita. Faça a correntinha
e introduza a agulha no primeiro ponto de base à direita da correntinha.
2. Lace a agulha.
3. Puxe a agulha passando por 1 ponto.
4. Lace a agulha novamente puxando-a direto pelos 2 pontos da agulha.
5. Repita o mesmo procedimento para formar outro ponto.
















 


















Aprendendo a fazer crochê

 


O artesanato além de ser uma atividade divertida, é também uma forma de distração, de trazer alegria para o dia a dia, de desenvolver a mente deixando-a sempre atenta e viva, de fazer você mesma, peças para seu uso pessoal, para presentear ou para decorar a sua casa.

Se você ainda não faz nenhum artesanato, que tal experimentar o crochê? Parece difícil, mas, olha só, tudo começa com aquela simples correntinha. Como faz a correntinha? Siga o passo a passo abaixo que eu encontrei no blog comofazercroche.blogspot.com.br  e te garanto, se até eu consegui fazer (sou muito inquieta e faço um monte de coisas ao mesmo tempo), você também consegue. ;)

Treine bem a correntinha para que você tenha mais precisão ao desenvolver seus futuros trabalhos de crochê.

Esse passo a passo de croche, publicado no blog citado acima, foi retirado do Livro Completo de Trico e Croche de Carol Curtis com tradução de Vera Sterblitch, da Edições de Ouro.


 


 





Aqui, em detalhes, os pontos principais do crochê para que você possa treinar e fazer trabalhos lindos! Quem sabe identificar todos os pontos, consegue ler os gráficos com facilidade e desenvolver melhor seu trabalho.

 


 Abaixo, um vídeo bem explicadinho de como se faz o ponto corrente, aproveite.


Dica: o segredo é estar atento à quantidade de correntinhas feitas, para saber onde marcá-las dando pontos novos, diferenciando assim o desenho e o modelo do seu trabalho.
















quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Gostinho de Infância

Algumas situações vividas marcam muito a vida da gente e ficam guardadas na lembrança com aquele gostinho bom de um tempo que de alguma forma a gente quer preservar. Um tempo de ares mais puros, comidas menos modificadas, vida mais saudável, casa de vó com cheirinho de bolo de fubá, muitas brincadeiras de casinha, lago limpinho para se refrescar, balanço na árvore do quintal e um ventinho gostoso que deixava as horas do passeio de bicicleta muito mais divertidos. Uma delícia né? Muita gente já viveu isso, mas as crianças de agora em sua maioria nem sabem do que se trata. Não que as modernidades da vida também não distraiam ou estimulem a criatividade, mas com toda certeza, deixam de lado o contato com um universo encantado que só quem viveu sabe como é.

Em comemoração ao Dia das Crianças, a minha postagem, vem para mostrar um pouco desse mundo bom com as obras de Monteiro Lobato. Independente das polêmicas da atualidade com relação às suas obras, continuam sendo uma opção excelente de mostrar que a beleza da vida está na simplicidade e alegria de viver. Bom para despertar a criança adormecida em você!


O Cupido Maluco - Último e penúltimo capitulos 1978



Esse eu nem tinha ouvido falar: O Saci 1953 Raridade!



E ´para terminar: Memórias de Emília


:)

Dia das Crianças

 


Dia das Crianças,  mais uma data para celebrar a vida! Para lembrar que o universo infantil é encantador, cheio de descobertas, sonhos e muita diversão. É a época para formar laços, para plantar sorrisos na alma que serão carregados por toda a vida, período para ressaltar a importância da formação de um indivíduo que vai crescer para ser o homem de amanhã.

Se você tem filhos ou cuida de alguma criança, use esse dia para melhorar o mundo dela: dê atenção, respeite, ensine, melhore sua forma de se relacionar e mostre como é caminhar por essa terra tão atribulada, mas também tão cheia de encantos que estão aí para aqueles que sabem ver.

Toda criança precisa saber brincar, amar, partilhar, se relacionar, crescer. Tudo no seu tempo e com as especificidades de cada época bem definidas, para que ao crescerem não sejam homens e mulheres frustrados, mal amados, egoístas, intolerantes, infelizes, como andamos vendo por aí. O homem de amanhã é a criança de hoje e os responsáveis pela sua formação com certeza, terão parcela de culpa pelos sucessos e fracassos desse ser. Pense nisso!